Processo de Coaching 01

Processo de Coaching: uma prática em busca de um suporte

Coaching:
uma prática em busca de um suporte.

Você já se perguntou se um processo de coaching poderia mudar os caminhos da sua vida? Trazer novas soluções para sua  carreira e para sua  vida pessoal?

Nessa procura – entre encontrar seus próprios talentos e missão de vida – é comum aquela voz amiga soltar uma pergunta “Você já procurou um processo de coaching?”.

Mas, na verdade, você nem entende ao certo o que o COACHING pode realmente fazer por você. Essa é uma questão comum, e essas dúvidas são muito recorrentes antes do início de um processo de coaching:  “O coaching é pra mim? O coaching funciona? Como funciona?”

Este é o tema que desejo abordar neste texto: para você, que busca ampliar sua vida pessoal e profissional com um processo de coaching.

cComo psicoterapeura e coach, acredito que o coaching é uma atividade profissional que demanda  maturidade existencial, saúde psicológica, supervisão de um profissional mais experiente e ética profissional

Demanda também uma forte base teórica e epistemológica e uma metodologia transdisciplinar. São raríssimas as escolas que oferecem isso hoje no Brasil.  Por isso, é preciso cautela tanto para quem busca um profissional, como para quem busca a Formação em Coaching.

Como já afirmou Seligman, o coaching é  “uma prática em busca de um suporte.”

…Dois, na verdade: um suporte científico e um suporte teórico. Assim, a psicodinâmica, a antropologia, as psicologias e as neurociências podem nos oferecer caminhos bastante confiáveis para o coaching. Quando realizado sem o devido embasamento teórico, o coaching corre o risco de sucumbir à superficialidade e à banalização.

Como profissional, acredito que o processo do coaching deve, dentre outras coisas, estar identificado com 4 fatores principaiss fatores, que explicam sua capacidade de transformar vidas e carreiras.

Processo de Coaching 02

4 fatores decisivos no processo de coaching

    1. Descobrir potencialidades e talentos pessoais

 

O profissional coach  é, sobretudo, um caçador de luzes. Sua função primordial é descobrir tesouros, despertar sonhos adormecidos e fazer emergir o que há de melhor nas pessoas.

O coaching possui ferramentas que podem nos auxiliar a nos autoperceber, a olhar para dentro, a  fazer uma incursão ao nosso mundo interno. Seu processo pode auxiliar-nos a conhecer tanto as nossas sombras quanto nossas luzes e virtudes.

O coaching parte do pressupost que a maioria de nósnem sempre está conscientes de suas potencialidades, dons e talentos pessoais. O processo de coaching ajuda-nos a termos uma percepção mais objetiva e realista a respeito de nós mesmos.

    2. Estabelecer, definir e alcançar metas e objetivos

O processo de coaching auxilia o sujeito a fazer um percurso de uma situação atual não desejada para uma Situação Ideal mais desejada, de forma mais rápida e eficaz. Um processo de coaching bem feito auxilia o coachee a criar o futuro e a vida mais ideal, sem idealismos.  Ajuda a esperançar, a criar novas rotas, novas possibilidades e novos caminhos para chegar onde se quer estar.

     3.Gerir melhor a vida e desenvolver novas competências

A tarefa primordial do processo de coaching é ajudar os participantes a gerirem melhor a sua vida e construir a felicidade, uma vez que a felicidade pode, sim, ser aprendida.

Dessa forma, ele auxilia cada coachee (aquele que participa do processo) a encontrar seus valores,  objetivos, propósito de vida e o seu ponto ótimo de funcionamento. Auxilia também a desenvolver a nossa autoestima, o senso de liderança e competência pessoais, o que possibilita um melhor gerenciamento da vida: no casamento, na família, nos relacionamentos no trabalho e etc.

     4. Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Ser e Aprender a Viver Juntos.

Devemos dizer que o verdadeiro processo de coaching é um processo educacional. l. O que significa dizer, que todo e qualquer processo de coaching, seja qual for sua natureza ou modalidade, deve estar identificado com a agenda educacional deixada pela Comissão Internacional para a Educação no Século XXI da UNESCO. Ou seja, todo processo de coaching deveria auxiliar os seus participantes a: Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Ser e Aprender a Viver Juntos.

Embora algumas práticas possam nos levar a pensar que o coaching é mais um modismo, o coaching é, na realidade, uma nova prática educacional. Uma prática para uma educação transformadora, inspirada na condição humana, no bem-estar, na ética, na aceitação das diferenças; e de caráter transpolítico, transcultural, transreligioso e transdisciplinar.

O coaching, enfim, é uma forma mais elegante de se viver, capaz de gerar mudanças contínuas e resultados sustentáveis, seja na vida pessoal ou profissional!

Quer saber mais sobre a Smart?
Clique aqui e conheça nossos serviços e cursos.

Aproveito e compartilho com você um dos mais extraordinários encontros que você ainda pode ter esse ano. Conheça o curso de Gestão da Vida acessando este link.

No Comments

Post A Comment